Javascript faz o mundo girar?

Estava lendo o post “Qual a dose certa de JavaScript” (http://tableless.com.br/qual-dose-certa-de-javascript/) e achei algumas coisas bem interessantes.

Primeiro delas é:

  • Cliente não deve assumir o papel do servidor. O JavaScript não deve ter a função de fazer uma série de requisições em Ajax e montar a página toda no front-end.
  • O JavaScript deve ser não obstrusivo. A experiência do usuário não deve depender do correto funcionamento e suporte de JavaScript. Mesmo que perdendo usabilidade, todas as funcionalidades devem sempre estar disponíveis.

E a segunda:

a dose certa de JavaScript é aquela em que a experiência do usuário é glorificada

Boas palavras de Jean Carlo Emer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s