Powerpoint ou Prezi? Prezi, Novas ideias, novas apresentações.

Novas ideias, novas apresentações.

O Prezi é uma ferramenta visual para geração de apresentação diferenciadas, onde não existe uma sequencia linear. Ele é baseado em zoom, onde pode-se mostrar uma mesma informação em diversos níveis de detalhe.

É uma solução online baseada na nuvem e tem 3 licenças:

  • Pública: é uma licença gratuita  com todos os recursos necessários para fazer a edição, porém todas as apresentações criadas são públicas e todos os usuários podem visualizá-las;
  • Básica: US$ 59,00 ao ano, além dos recursos acima, permite deixar as apresentações privadas, onde somente alguns usuários podem acessá-las;
  • Profissional: US$ 159,00 ao ano, acrescenta a ferramente de edição local no computador.

Além disso, o Prezi possui licença para estudantes e para grandes grupos por um preço diferenciado. A versão Pública já é ótima, pois garante a possibilidade de criar todos as apresentações necessárias.

Durante a criação de uma apresentação, o aplicativo possui uma ferramenta para conversão de PowerPoint para o Prezi, onde cada slide  (sem as transições e animações) é transformado em um frame e é criado um caminho de câmera passando por todos esses frames.

Nesse momento podemos ver a grande diferença entre as apresentações, enquanto a do PowePoint apresenta um layout bem convencional e linear, as apresentações adaptadas para o Prezi podem trazer um apelo visual muito forte, chamando bastante a atenção na primeira olhada.

Continuar lendo

Prezi: Apresentações Profundas

O Diabo está nos detalhes

A primeira vez que vi uma apresentação no Prezi foi em um treinamento chamado Scrumban: do Scrum ao Kanban realizados pelo Rodrigo de Toledo e Alisson Vale em Julho de 2011. Na época achei muito legal o formato da apresentação, mas não fui muito atrás.

Em Junho de 2012 vi mais uma apresentação, agora do Jorge Audy, e dessa vez foi paixão, me pegou de jeito. No dia seguinte já comecei a procurar saber mais sobre a ferramenta.

Primeiro, esqueça tudo sobre apresentações no PowerPoint. Redefinindo, esqueça como montar uma apresentação no PowerPoint, mas não se esqueça das boas práticas de como fazê-la. Por exemplo:

  • Utilize o mesmo tema de cores durante toda a apresentação
  • Tenha um bom contraste entre a cor do texto e a cor de fundo
  • Não encha o slide com texto, de preferência a tópicos
  • Reduza o número de efeitos diferentes
  • Seja direto, diminua a quantidade de slides
  • Chame a atenção na mensagem que quer ser passada

Essas boas práticas servem tanto para apresentações em PowerPoint como para apresentações em qualquer outro meio digital ou analógico, inclusive para o Prezi.

Vamos as principais diferenças. A mais importante de todas, não existem slides e como não existem slides, não existe transição entre eles. O Prezi se baseia em uma apresentação plana e em níveis. Todas as informações são incluídas e principalmente agrupadas em um único plano. Porém, esse plano pode ser visto com diferentes níveis de zoom tanto uma visão detalhada quanto uma visão mais ampla.

Segue alguns bons exemplos:

http://prezi.com/ucbqnfjsurg9/what-is-prezi-press-the-play-button/

http://prezi.com/mkg9y_pl1cxd/presentation-on-presentations/

O conceito é bem simples:

  1. Coloque informações (textos, imagens, vídeos, animações);
  2. Coloque mais informações que detalham ou abstraem mais esse primeiro grupo;
  3. Crie novos grupos e conecte as ideias através de um caminho por onde a “câmera” irá passar.

Parece simples, mas não é 😦

Como o objetivo é criar apresentações únicas e que chamem a atenção, é necessário, além de uma boa ideia, bastante dedicação e um pouco de edição de imagens e paciência.

Recentemente, vi uma apresentação do Alisson Vale, no Agile Brazil 2012, e é uma das melhores que já vi. Confira em:

http://prezi.com/fro8mgdn3g4r/jogando-o-novo-jogo-do-trabalho-do-conhecimento-com-lean-kanban-e-agile/

Como já comentei, para uma boa apresentação é necessário, além de obviamente um bom conteúdo, uma boa ideia. Uma das apresentações que me deu mais trabalho foi a da KO-IT. Foi gasto quase uma semana de trabalho e quase 10 ideias diferentes de como apresentar todas as informações. O resultado final pode ser conferido em http://prezi.com/6fdxj_igppbf/conheca-a-ko-it/.

Não vou encerrar o assunto Prezi aqui. Em breve, estarei promovendo um workshop sobre ele e vou ter mais informação.

Mapa mental

Dia de ontem bem legal….

Reunião da empresa começando cedo novamente, seguimos a discussão sobre produtos e serviços da KO-IT. Começamos escrevendo na forma de tópicos e isso não estava rendendo então, mudamos a abordagem. Utilizamos uma das técnicas que eu mais gosto: Mapas mentais.

É uma forma de ir conectando tópicos uns aos outros, através disso conseguimos ir conectando ideias e atividades. O mais legal disso é ir fazendo no quadro branco onde pode ser escrito e reescrito rapidamente. Esses dias eu vi um utilizando o quadro branco escrito mais post-its ficou bem interessante.

O resultado ficou bem legal e vai estar no site. Normalmente utilizo o Free Mind para transformar o analógico para o digital. É uma ferramenta bem rápida e prática, pena que o resultado não é extremamente lindo. Por causa disso resolvi pesquisar algum ferramente on-line.

Já conhecia o Mindmeister do passado e recomendo, ontem encontrei o Mindomo e gostei bastante do resultado, ele possui temas e formas diferenciadas de organizar os nodos (árvore, organograma) o resultado ficou muito bonito.

Ambas as ferramentas possuem funcionalidades grátis mas são bem limitadas. Hoje estou gostando mais do Mindomo.

Brainstorming

O dia começando a pleno vapor…

O dia começou cedo, às 09:00 (isso é cedo para mim). Eu e o restante da KO-IT nos reunimos para fazer um brainstroming de ideias sobre os serviços da empresa.

Uma técnica que costumamos utilizar para fazer reunião é no início colocar no quadro todos os assuntos que pretendemos falar. Feito isso, partimos para discutir os mais simples que geram menos discussão, contar alguma coisa que aconteceu ou dar algum feedback. São momentos importantes e podem não acabar acontecendo posteriormente.

O primeiro assunto foi a nossa presença no Agile Brazil 2012.

Agile Brazil

O evento aconteceu nos dias 5, 6 e 7 de setembro de 2012 em São Paulo. O evento foi muito interessante, palestras com grandes palestrantes e me fez refletir muito. Cada um de nós elencou, contou o que achou do evento e elencou a palestra mais importante. A minha foi a do Daniel Wildt sobre MVP, com o título “MVP! MVP! Criando a primeira versão de um produto – o desafio”. Fiz alguma anotações que podem ser acessadas em no meu SpringPad.

Pude passear alguns dias em São Paulo, e aproveitar a Pinacoteca e o Zoológico, quem tiver interesse pode ver as fotos no Flickr.

Voltando à empresa, começamos a utilizar conceitos de Lean Startup, Designing Thinking, Customer Development, Brain Storming para nos ajudar a modelar as nossas soluções. Foi um trabalho bem árduo e desgastante. Mas trouxe bastante resultado para clarear alguns pontos obscuros. Amanhã vamos continuar com o trabalho.

Para concluir finalizei a manhã escutando Adele com o album 19

Minha frase do dia é do filme a Mansão Mal-Assombrada.

“You try, You fail,  You try You fail,  But the real failure is when you stop trying!”